Que vai ser da Dona Inércia?

e dos inúmeros inertes que pactuaram com o forrobodó do Banco Verde?

inercia
Desses convívios prolongados podiam não resultar notícias, no momento. Nem era isso que interessava a Salgado ou aos seus convidados. Era antes o “clima” que ficava desses dias, as cumplicidades implícitas, o estar próximo, ser como que um “insider”. Na primeira oportunidade, haveria um editorial, um artigo de opinião, uma reportagem, um título decisivo, uma notícia que caía, outra que entrava.

(…)

O artigo de Nicolau Santos é um contributo inestimável para ajudar os cidadãos a lerem as notícias para além do que elas dizem. Uma espécie de aula de literacia para os media. Aplica-se não apenas às notícias sobre o Banco Espírito Santo e o seu líder, Ricardo Salgado, mas também a todas as notícias, sobretudo aquelas que envolvem os poderes em jogo na sociedade: a política, a economia, as finanças, a justiça, pelo menos.

(retirado do blog Vai e Vem)

Diga-me...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s