E a máfia aqui tão perto

mafia_by_Mafia_Suit

 

Ricardo Salgado não actuava sozinho. Tinha sócios, “capangas” e testas de ferro. Onde estavam? Alguns na Sede da Avenida da Liberdade com funções de administradores, chefias e responsáveis de departamentos, outros, em estreito contacto com os clientes nas agências da Instituição, os operacionais, eram meros gestores de conta.

Deem caça a essa gente toda!

580px-Mafia_family_structure_tree.en.svg

 

bes

“Isto não é só um relatório de contas, é um relatório de crimes” (José Gomes Ferreira na SIC Notícias em 30 de Julho de 2014)

 

As contas apresentadas ontem pelo BES não são contas, é uma autópsia, uma condenação feroz à anterior administração e um catálogo de indícios e acusações que puseram o banco de pernas para o ar e levaram o Banco de Portugal, ainda ontem ao fim da noite, a redigir o comunicado mais violento (digo: bárbaro) da sua história. (…) A ordem de purga imposta aos administradores da anterior gestão que ainda não tinham saído do banco – e que afetará também as linhas imediatamente abaixo – é um tiro de canhão que está neste preciso momento a fazer estremecer o edifício da avenida da Liberdade. (31/07/2014 | 12:35 |  Dinheiro Vivo)

 

 

Diga-me...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s