não sei quê, Monteiro

Se há coisa que revela uma eficácia sem igual é a de dizer àqueles amiguinhos,  tipo ex-namorados ou coisa que o valha, fulanos daquele género que andam sempre à cata de migalhas, não sei se me faço entender, dos quais nós nem nos lembramos sequer do apelido ou mesmo do nome, e que nos telefonam um dia de surpresa com uma vozinha jovial, positiva e alegre a dizer que nos viram ontem na rua, assim ao longe que nos chamaram mas que nós nem reparámos, mas que estamos muito bem, muito bem mesmo, frisam eles, mas, dizia eu, que resulta sempre, deixá-los dizer as graçolas, agradecer polidamente e perguntar-lhes depois pelos petizes e pela mula da mulher, perdão, pela santa da gaja.

Calam-se logo ou então desejam-nos um resto de dia exceptional, como foi o caso.

Anormais!

Diga-me...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s