O tempo de uma mulher «pouco sábia»

Não tenho tempo nem para me coçar…

coelho

A propósito da minha actual falta de tempo, que este blog, coitadinho, tem estoicamente suportado, encontrei uma coisa escrita por uma gaja, nitidamente dirigida a mulheres, que pretende ensinar as mulheres sobre como uma Mulher Sábia deve aproveitar o tempo. A gaja ou senhora, que é a mesma coisa, certamente muito católica, diz assim:

Há uma frase que  geralmente ouço com muita frequência: “Queria saber como administrar melhor o meu tempo.”

E há uma outra que raramente ouço: “Queria saber como me administrar melhor.”

Estas duas frases são importantes, porém, sabemos que para sabermos remir nosso tempo e administrá-lo melhor é necessário que, antes, eu aprenda a administrar a minha vida.

Você pode, então, se perguntar:  “O que devo fazer para saber como me administrar melhor a fim de que eu possa administrar, de maneira, correta o meu tempo?”

Saber dirigir a vida sabiamente é a condição necessária que necessitamos para alcançar o nossos objetivos. Quando aplicamos as verdades de Deus, contidas na Bíblia Sagrada, à nossa vida diária, então, adquirimos a sabedoria que vai nos fazer colocar as nossas prioridades na ordem certa.

A personalidade de uma pessoa é moldada de acordo com a escolha  de suas prioridades”.

Como, então, saber qual é a ordem das prioridades?

E agora sim vem o melhor, a ordem pela qual a mulher nos manda gerir o tempo:

1- Tempo com Deus;

2- Tempo com o marido;

3- Tempo com os filhos;

4- Tempo com a família e amigos;

5- Tempo consigo mesma;

6- Tempo para o inesperado;

7- Tempo para planejar;

8- Tempo para o trabalho.

Seguindo esta ordem, com certeza, você irá agradar a Deus e a sua vida será administrada de modo muito mais produtivo.

Olha minha, no meu planeta existe uma coisa chamada Gaspar, que é quase Deus, e outra enfim chamada de, mulheres que fazem tudo e mais um par de botas, factores que actuam, quer sobre o Trabalho (8) quer sobre o Inesperado (6) por forma a que ocupem os primeiríssimos lugares da tua linda lista. Tás a ver?!

E depois estou super-chateda pá – perdi tempo a ler-te, escrevi uma merda de um post, são sete e meia e ainda estou aqui, sabe deus quando vou chegar a casa e o que vou jantar, os miúdos suponho devem estar vivos, o namorado estimo sinceramente que não ande enrolado com outra, os paizinhos parece que aproveitam o feriado e vão fazer uma excursão, os amigos enfim lá vão aparecendo, comigo mesma é que é pior que estou com uma neura que nem posso. Planejar, ah, aha, ah, deixa-me rir!

4 thoughts on “O tempo de uma mulher «pouco sábia»

  1. Às vezes penso na conversa da outra ministra, de que o dia tem 24 horas…
    Penso que o meu devia ter 48 horas… e que fosse capaz de aguentar, pelo menos, 38 horas acordado para fazer tudo aquilo que gostaria de ter tempo para fazer, sem ter de abdicar de outras. lol

    Enfim… o “Tempo” foi algo que o Ser Humano criou de forma errada. lol

Diga-me...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s