Só me levam dentro de um caixão

… necessidade de registar imparidades adicionais de 104 milhões de euros, depois de concluídas as inspecções da troika à carteira de crédito dos oito principais bancos.

Esta linda música é dedicada com todo o meu ‘amor e carinho’ aos meus novos ‘amigalhaços’ da banca.
Amém.

Chamava-se ela Marta
Ele Doutor Dom Gaspar
Ela pobre e gaiata
Ele rico e tutelar
Gaspar tinha por Marta uma paixão sem par
Mas Marta estava farta mais que farta de o aturar
– Casa comigo Marta
Que estou morto por casar
– Casar contigo, não maganão
Não te metas comigo, deixa-me da mão

Casa comigo Marta
Tenho roupa a passajar
Tenho talheres de prata
Que estão todos por lavar
Tenho um faisão no forno e não sei cozinhar
Camisas, camisolas, lenços, fatos por passar
– Casa comigo Marta
Tenho roupa a passajar
– Casar contigo, não maganão
Não te metas comigo deixa-me da mão

Casa comigo Marta
Tenho acções e rendimentos
Tenho uma cama larga
Num dos meus apartamentos
Tenho ouro na Suíça e padrinhos aos centos
Empresto e hipoteco e transacciono investimentos
– Casa comigo Marta
Tenho acções e rendimentos
– Casar contigo, não maganão
Não te metas comigo deixa-me da mão

Casa comigo Marta
Tenho rédeas p’ra mandar
Tenho gente que trata
De me fazer respeitar
Tenho meios de sobra p’ra te nomear
Rainha dos pacóvios de aquém e além mar
– Casas comigo Marta
Que eu obrigo-te a casar
– Casar contigo, não maganão
Só me levas contigo dentro de um caixão

(Música: José Mário Branco
Letra: Sérgio Godinho)

Diga-me...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s