O Tó, o Zé e o inSeguro

, o assim não fica Seguro e seguro por seguro, antes o inSeguro de ficarmos sem .
O que o quer do é que seja Seguro na defesa do , mas como o ao abster-se não o vai ser, preferimos que o volte a ser .
A diferença entre o e um , podia até ser muita, mas não é. Falta-lhe o Seguro!

(eu acho que a “Chancelarina” telefonou ao ToZé)

Diga-me...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s