Clint Eastwood

Clint Eastwood, fez anos ontem. Nasceu em 30 de Maio de 1930 e fez ontem, 81 anos.

Em miúda, lembro-me unicamente de o reconhecer no écran das tardes de cinema de Domingo, e ele era sempre cowboy, durão e justiceiro, de chapéu, olhos franzidos pelo Sol e sempre com uma monótona expressão facial. Comecei a adora-lo muito mais tarde, somente quando percebi o diamante precioso que era na realização de filmes e a contar histórias. A sensibilidade que me mostra em ínfimos pormenores nas mágicas personagens que cria e dirige, fazem-me habitualmente contrair o períneo num exercício de sucção de prazer, irresistível, irreprimível.
Recordo The Bridges of Madison County, que já revi um número considerável de vezes sempre com um inegável deleite, onde Eastwood foi realizador e actor, e até porque um dia, houve um homem que me disse que eu lhe lembrava a Meryl Streep, essa musa-mulher maravilhosa que, e digo eu, talvez só no nariz de judia me possa humildemente assemelhar. Mas é na Francesca que eu verdadeiramente me revejo, mas isso, o tal homem não sabia.

Diga-me...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s