Estou deslumbrada c’o piqueno!

O piqueno aprendeu a falar.
Patatí, patatá, rebeubéu, pardais-ao-ninho, o miúdo não se cala.
E é tão engraçadinho!
Já diz frases, também. Expressões complexas, até!
Onde é que ele aprendeu isto?
Tão depressa. Foi de um dia para outro. Qualquer dia, está um homenzinho.
Ai, ai! São eles que nos fazem ficar velhos.

Olhem só, estas gracinhas que ele diz!

o PSD pode dar a volta ao texto e pôr o país novamente a crescer

mudar pode parecer assustador

quando chegamos ao fim da linha, é preciso dar a outros a oportunidade que já foi dada ao PS para governar

o pedido de ajuda, devia ter sido feito há muito mais tempo

E faz trocadilhos!

será difícil distinguir o programa eleitoral do PSD do pacote de austeridade

é preciso perceber também que os partidos não são todos iguais

o programa do PSD será igual ao do FMI

E olhem estas que difíceis!

se agora pedimos ajuda para sairmos desta aflição, é muito importante que nesse pedido de ajuda tudo o que é relevante seja tido em linha de conta

mas é preciso explicar aos portugueses que se se pediu ajuda é porque era precisa

o pior que pode acontecer neste momento é que todas as situações financeiras não venham para cima da mesa

Às vezes, há umas que eu nem entendo bem!

o que se espera é o aprofundamento das injustiças

o problema não é o da fiabilidade das contas, é saber se estamos a somar tudo aquilo que é preciso somar

o PSD está muito determinado em não passar uma esponja sobre o passado

(expressões retiradas das seguintes ‘cartilhas’: iOnline, Negócios Online, Twitter)

Anúncios

Diga-me...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s